terça-feira, 20 de março de 2012

DSL 210 no Slackware 13

no pinguim, velho problema

Estou usando o sclakware agora, e precisei instalar o meu velho modem DSL210 da dlink nele. O problema é que ele é USB e isso sempre foi encrenca nas outras distros, então...

De cara, lendo por aí notei que os pacotes deb e rpm são os unicos que resolveriam o problema. Usando o mesmo tutorial do ubuntu eu tentei instalar e... Para minha surpresa o slackware 13 reconhece o modem USB sem problema. Sem problema mesmo, não precisei sequer do cxacru-fw.bin (o firmware do chip Conextant), e o pppoe já está instalado.


Está tudo bem então é só criar a interface nas0, mas vamos por partes, para um modem USB funcionar precisamos: 1 - do firmeware do modem (cxacru-fw.bin) do drive rp-pppoe (no caso todo o conjunto de aplicativos pppoe) e de uma interface que redirecione o fluxo da rede da eth0 para a porta USB (a nas0). É aí que complica, pois para isso temos que instalar o br2684ctl que depende do libatm, esses pacotes existem em deb ou rpm. Fui atrás do alien, um script perl que convert os pacotes de um formato para outro, e para minha surpresa, bastou instalar e rodar o pppoe-setup.

Aqui é que fica a pulga. Depois de rodar o pppoe-setup, meu modem conectou (tanto o ADSL quanto no servidor) mas não tinha travego algum... A um grande pequeno detalhe na configuração do pppoe-setup: quando ele peguntar o IP do DNS, escreva 'server' sem as aspas, isso fará o pppoe deixar que o seu servidor ISP indique um IP dinâmico. Parece bobagem mas eu quebrei a cabeça meia tarde para descobrir esse detalhe.


Se quiser, no link abaixo tem os arquivos usados para instalar. Basta seguir o tutorial do ubuntu e instalar os pacotes txz (installpkg nome.txz):

DSL210Tutorial.tar.gz

É isso, fica a dica...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário